03 – O Herói no Tonel

     Pica-pau desce as Cataratas do Niágara num barril: A estilização crescente e a perda de contato com o rito fez com que o dragão ganhasse sua primeira forma "não-animal."

Pica-pau desce as Cataratas do Niágara num barril: A estilização crescente e a perda de contato com o rito fez com que o dragão ganhasse sua primeira forma "não-animal."

-O barco usado para o transporte

O motivo do herói no tonel provém do motivo do herói dentro do peixe. Poderíamos generalizar as histórias com esse tipo de motivo com as seguintes características: um rei, por algum motivo qualquer manda executar um recém-nascido a quem, por compaixão do carrasco, é colocado dentro de um cesto ou bote e lançado ao mar. Mesmo correndo todos os riscos, ele sobrevive e é educado no exílio, de onde retorna mais tarde para cumprir seu destino.

Sem medo de parecer teórico demais, Propp diz que o tonel, por ser de madeira, remete ao culto das árvores. Sabemos que o motivo do engolimento e da regurgitação relacionava-se a animais totêmicos, mas também as árvores o podiam ser. O que interessa nesse caso seria mais a madeira de que é feito o barco do que o próprio meio de transporte utilizado.

Baobá, árvore sagrada para muitos africanos.

Baobá, árvore sagrada para muitos africanos.

Propp nos diz que provavelmente essa é a origem da lenda de Noé, que subiu num gigantesco navio de madeira e de onde saiu como ancestral da humanidade.

03

Ao que parece, a permanência obrigatória (e diga-se de passagem já não voluntária) dentro desse nicho é condição essencial para amadurecimento e poder.

Aqui, faço uma nova pausa para analisarmos dois filmes interessantes onde temos esse motivo.

Um deles, uma superprodução da Disney, é O Príncipe do Egito, que conta a história de Moisés em sua luta para libertar o povo hebreu.

05

No filme, temos logo no início a sequência de cenas que mostram o pequeno bebê predestinado abandonado no Nilo dentro de um cesto, que vai parar nas mãos da família real.

Moisés, que passou pela provação do cesto flutuante ainda bebê.

Moisés, o futuro profeta que passou pela provação do cesto flutuante ainda bebê.

Outro filme, bastante diferente, é Madagascar 2. Também no início, nos é mostrada a origem do personagem Alex, encerrado dentro de um caixote de madeira que, caindo no mar, o leva até os Estados Unidos.

O tonel leva o herói: arquétipo pré-histórico presente em filme da Disney.

O tonel leva o herói: arquétipo pré-histórico presente em filme da Dreanworks..

O confinamento e a travessia do mar como condição para se tornar herói.

O confinamento e a travessia do mar como condição para se tornar herói.

Esse filme é bastante interessante por um detalhe: Alex chega lá comendo um peixe.

Propp já nos disse que não se sabe se o neófito comia um pedaço do animal totêmico enquanto estava no interior desse animal, porém o jovem Alex estava segurando um peixe quando foi descoberto no Novo Mundo, dando a entender que se alimentou disso durante a travessia.

Imagens inocentes detentoras de forte carga numinosa.

Imagens inocentes detentoras de forte carga numinosa.

A pergunta é: Se os produtores do filme tem todas as probabilidades de nunca terem ouvido falar de Vladímir Propp e se Alex comendo um peixe foi uma idéia que emergiu do inconsciente de alguém da produção, é possível tratar esse motivo como sendo mesmo arquetípico e, ao mesmo tempo, defender e endossar a tese de que o neófito comia sim um pedaço do animal totêmico durante o rito de iniciação? Não sou nenhum profissional, longe disso, mas para mim, a emerção de um conteúdo arquetípico contemporâneo é forte indício de que tal conteúdo era extravasado e praticado em sociedades que se guiavam pelo inconsciente.

Anúncios

4 Comentários

  1. Poxa, como você consegue ligar o Madagascar com toda essa história e com nexo ainda por cima?! Você realmente não é desse planeta, você vê tudo de um jeito diferente! Até filmes de animação que parecem estar tudo ali mastigado, você consegue ver além!

    • Ah Thalita, te adoro, mas qualquer pessoa que tivesse lido o livro faria as correlações.

  2. madagascar não é da disney e sim é da dreanworks

    • Erro corrigido! Obrigado.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s