A Selva do Seu Jardim

” Os insetos de um jardim geralmente são observados à distância de uma vassourada ou através de uma nuvem de inseticida. Vencida a natural aversão a eles, no entanto, mesmo uma dona de casa pode, com as lentes de uma máquina fotográfica, descobrir um mundo de cores e formas fantásticas – um imenso zoológico de pequenos seres parecidos com os habitantes dos filmes de ficção científica.” Assim disse Roberto Muylaert Tinoco, no início de uma reportagem antiga que eu tenho aqui em casa, com nome homônimo a essa postagem, porém nao tenho informações sobre data ou meso qual a revista. Posso dizer que é bem antiga, deve ser 92 ou 93.

A fase de estudante de graduação é excelente, e não estou falando dos flertes nem dos churrascos à beira de piscinas, apesar disso também contar, é claro. Enquanto somos estudantes, mesmo com um caminho já traçado, nos sentimos livres pra estudar sobre qualquer tema, ainda não amarrados por qualquer especialidade. Já falei aqui no blog o que eu penso sobre a especialização, e enfatizo que as vezes os biólogos esquecem que são biólogos, tem continuamente diante de si um mundo vasto e não devem perder a oportunidade de se maravilhar com esse mundo.

Graças ao estágio que estou fazendo, tenho agora a minha disposição algumas câmeras especiais que me permitem tirar fotos que realmente acho muito interessantes, nao por qualquer tipo de preferência estética, mas simplesmente porque elevam os pequenos seres à um nível dificilmente percebidos por nós, humanos. Gostaria de compartilhar essas imagens com vocês agora.

Um dia no campo:



+ 18




Dia perfeito




Um dia de estágio:

Dois orthopteros que merecem destaque

Extraordinárias máquinas da natureza...

Hemiptero

Na ponta do dedo.

Diptero

Eu sou mesmo o único a achar as moscas bonitas?

Um dia na casa-de-vegetação





Estranhas frutas amazônicas? Nada, são ovos de bicho-pau.


Lagarta



Sabe aquele pernilongo chato?

Tudo bem que esse é dos grandes, meu colega de trabalho Tiago Resende encontrou e trouxe da casa dele, impressionado com as antenas.

Borboleta:

Uma folha simples:

Pseudo-escorpiões:








Vários:

Essa é uma das fotos que mais gosto, principalmente porque não tinha a menor esperança de que fosse ficar boa quando tirei.

Coleoptera.

Formiga doceira, gênero solenopsis.

Líquen.

Conseguem ver o pequeno inseto sorvendo a seiva da árvore?

Anúncios

Mundos Dentro de Mundos

“Ele olhou sua alma através de um microscópio. O que  parecia irregular eram belas Constelações: então acrescentou à consciência mundos ocultos dentro de outros mundos.” Coleridge, Anotações, citados por Jung em Sonhos, Memórias e Reflexões.

Tenho tido a oportunidade de trabalhar com uma câmera especial, acoplada em uma lupa bastante potente, que permite observar coisas absolutamente invisíveis a olho nu. Observando variados objetos com ela, percebi que a beleza se entranha até bem fundo na matéria, de uma maneira diferente e mágica…quase quântica.

Estou aceitando sujestões de objetos a serm fotografados, só nao podem ser muito grandes pois não cabem debaixo da lupa.

Um dos cadernos personalizados por mim:

Figuras auto-adesivas do biscoito Danix:

Johnny Bravo

Adesivo colado na contra-capa do caderno. Tamanho: 9 mm

Alguém hipnotizado por aí?

Por fim:

O tamanho desse "fim"? 9 mm